Calma

Calma,
ela não disse que não vem.
Só disse que a gente tem
que esperar um pouco mais.
E há demoras na vida que vêm para o bem.

Vou além:
se pararmos para pensar,
é exatamente ela que virá.
Que outro alguém
poderia chegar em seu lugar?
Quem?

Ninguém.

Se a mesma paixão vai chamá-la,
se o mesmo amor vai fazê-la,
se a mesma carne vai formá-la,
se os mesmos planos vão trazê-la,
quem?

É ela mesma que virá.

Thiago Amazonas de Melo


Mais vídeos no YouTube: https://www.youtube.com/channel/UC0_aAga12Q1IdIpZ8unXNJw
Mais textos no Facebook: https://www.facebook.com/thiagoamazonasdemelo
Mais coisas no Instagram: https://www.instagram.com/thiagoatmelo/

Entrevista|Thiago Melo

DELFOS

Chama-se Thiago Melo, é do Recife, estado de Pernambuco (Brasil) e, mesmo  sem ele próprio se considerar um artista, utiliza a sua música e poesia para explorar,  afinal, o que está na base da condição humana :  a dualidade entre a verdade e a mentira, a mentira poética essencialmente, os equívocos, o tempo, a ideia de  estrada, de caminho, o ir à procura, quando a poesia está presente e o que fazer na sua ausência. Fazendo uso da voz e violão, com a parceria de amigos ou a solo, e com um forte vínculo  à estrutura basilar do MPB, partilha a sua música nas redes sociais, tal como a sua poesia que vai declamando em vídeo. Portanto, é  só apurar os ouvidos e escutar. Recentemente, desafiei-o com umas pequenas perguntas por e-mail e o meu pedido foi atendido. Sem mais demoras, passemos então ao principal – as palavras do Thiago…

Ver o post original 1.253 mais palavras

Vai

Há mais ou menos um ano, eu e meus amigos Zaca e Cícero começamos a filmar poemas meus. Está aí a primeira experiência:

Vai
Segue tranquila da tua decisão.
Entrega-te. Permite-te.
Vive tudo que há para viver sem mim;
Tens minha bênção.

Vai
e fecha bem a porta.
Antes de ter vivido tudo, nem pense em voltar.
Eu te peço:
esquece o caminho de regresso.
Não queiras saber da minha vida.
E, ainda que eu te chame, não olhes para trás.

Vai
e leva tudo que é teu,
tudo que me faça lembrar de ti,
para eu não me contrariar;
mas, se fores jogar fora as lembranças de nós dois,
joga não,
melhor me dar.

Thiago Amazonas de Melo


Mais vídeos no YouTube: https://www.youtube.com/channel/UC0_aAga12Q1IdIpZ8unXNJw
Mais textos no Facebook: https://www.facebook.com/thiagoamazonasdemelo
Mais coisas no Instagram: https://www.instagram.com/thiagoatmelo/

Hoje, pelo resto da vida

Hoje, eu passaria o resto da vida contigo,
para cima e para baixo, de mão dada,
te equilibrando em mim;
aquecendo-me em ti, deitada,
desenhando estrelas, assim,
como quem não quer nada,
numa noite enluarada,
num céu que não tem fim.

Eu passaria o resto da vida contigo.
Caminhar a teu lado seria meu ofício;
mergulhar no escuro, dançar no precipício
e, sempre que necessário, voltar ao início.

Eu passaria o resto da vida contigo,
no meio do mato, a sós,
tocando calado, para escutar a tua voz.

Hoje, eu passaria o resto da vida contigo,
mas, depois, o que o resto da vida faria de nós?
Certamente nos corroeria, como a tudo, o tempo atroz.

Então, para evitar correr esse perigo,
menina, eu te peço:
só hoje, passa o resto da vida comigo.
Amanhã, me despeço.

Thiago Amazonas de Melo


Mais coisas no Instagram: https://www.instagram.com/thiagoatmelo/

Fim da estrada

É tão ruim caminhar pela estrada
sabendo que já está perto do fim,
rumo a um destino onde tem nada,
aonde não se quer chegar.

Caminhando e cantando,
lembrando, chorando e seguindo você,
que, em alguma encruzilhada,
não pensou em mais nada,
só quis escolher
um caminho pra gente se perder,
e agora nos conduz
sem nem querer me esperar,
mas sou eu quem carrega a cruz.

E a cruz, a cada passo mais pesada,
já enxergando o fim da estrada,
quer me fazer parar,
largá-la e voltar
ao lugar de onde nunca deveríamos ter saído.

Thiago Amazonas de Melo


Mais vídeos no YouTube: https://www.youtube.com/channel/UC0_aAga12Q1IdIpZ8unXNJw
Mais textos no Facebook: https://www.facebook.com/thiagoamazonasdemelo
Mais coisas no Instagram: https://www.instagram.com/thiagoatmelo/

Honestamente (música)

Outro dia eu postei aqui um poema meu, chamado “Honestamente”. Aí me empolguei com o texto e o adaptei numa música que estava encostada, em anexo a e-mails antigos, trocados com meu amigo Rafhael Vilaça. Ela foi composta em parceria assim, à distância, e eu espero que meu parceiro aprove a letra que eu coloquei, que é a seguinte:

Hoje, para ser honesto, eu teria que mentir;
pra te proteger, dizer que não gosto mais de ti,
que te deixei pra trás, que não te quero nunca mais;
pra te permitir seguir em frente, pra te deixar em paz.

E, caladinho, depois,
só eu ficaria preso a nós dois.
Tu poderias te esquecer de mim;
eu, nem por um dia.
Jamais te esqueceria.

Não gosto mais de ti,
já te deixei pra trás,
melhor seguir em paz.
Não gosto mais de ti,
já te deixei pra trás,
não quero nunca mais.

Mentira.

Thiago Amazonas de Melo


Mais vídeos no YouTube: https://www.youtube.com/channel/UC0_aAga12Q1IdIpZ8unXNJw
Mais textos no Facebook: https://www.facebook.com/thiagoamazonasdemelo
Mais coisas no Instagram: https://www.instagram.com/thiagoatmelo/

Quero ser Alceu Valença

Quando eu disse a meu pai que iria estudar na Faculdade de Direito do Recife, o coitado sonhou que eu seria um juiz de direito, um promotor de justiça ou um jurista renomado, como Tobias Barreto, Clóvis Beviláqua e outros tantos que lá estudaram.
Eu, de minha parte, tinha outro ex-aluno da FDR em mente. Meus planos eram terminar a faculdade, nunca pegar o diploma e ser Alceu Valença. Somente.

Thiago Amazonas de Melo


Mais vídeos no YouTube: https://www.youtube.com/channel/UC0_aAga12Q1IdIpZ8unXNJw
Mais textos no Facebook: https://www.facebook.com/thiagoamazonasdemelo
Mais coisas no Instagram: https://www.instagram.com/thiagoatmelo/

Destino certo

Quando ele se foi,
todos nós, amigos dela,
sofremos, de sua dor, uma parcela,
como se ajudasse a aliviar
um peso que, naquele justo instante,
só seu peito podia carregar.

Assim que ele se foi,
cada um de nós, amigos dela,
passou a amá-la um pouco mais,
como se após haver partido,
ele tivesse nos deixado seu amor por ela,
para que fosse repartido
entre todos que já a queriam bem.

Eu sei, ele se foi; todos irão.
Nosso destino final é certo.
Então, nós devemos nos manter por perto.
Assim, sempre que alguém se for,
o resto será herdeiro:
no rateio da dor,
na partilha do amor.
Que isso seja verdadeiro.

Thiago Amazonas de Melo


Mais vídeos no YouTube: https://www.youtube.com/channel/UC0_aAga12Q1IdIpZ8unXNJw
Mais textos no Facebook: https://www.facebook.com/thiagoamazonasdemelo
Mais coisas no Instagram: https://www.instagram.com/thiagoatmelo/